saudade,

Saudade é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já.

Saudade, saudade é aquilo que eu sinto desde um qualquer dia frio de Janeiro, pouco passava das sete horas. Tinhas-me mandado uma mensagem. 'Espera por mim cá em cima, precisamos de falar'. Eu esperei impacientemente. Detestava esperar mas tu fazias-me esperar (e desesperar) cada vez mais. Gostar de ti era como estar numa enorme sala de espera, eternamente. Parece horrível, não é? Pois. E quando chegaste nem sequer me sorriste, o teu olhar vinha preso ao chão. Parecia que nutrias um profundo interesse por aquelas pedras cobertas de coisa nenhuma. Pegaste na minha mão sem uma palavra e conduziste-me até um banco de pedra. Sentámo-nos. Começaste a falar, com pausas, cheio de medo, até que disseste tudo. Não podias continuar comigo, não podias continuar comigo sem saber o que sentias. Oh, e ainda por cima havendo outra pessoa na nossa história, outra rapariga. 'Entendes?'. É claro que entendo, entendo perfeitamente. Mas não é por entender que não dói. Tentas abraçar-me. Rejeito o teu abraço, levanto-me e viro as costas para que não vejas as lágrimas que tanto querem cair. Volto a olhar para ti e sorrio, a custo. Despeço-me. Vou-me embora. Magoaste-me, admito. Mas não me vais ver chorar.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Fenomenal, como sempre!


    "Volto a olhar para ti e sorrio a custo , despeço-me . Vou-me embora . Magoaste-me , admito . Mas não me vais ver chorar ." - Ficam as saudades...


    Beijinho enorme

    ResponderEliminar
  3. wow , tao lindo miuda !

    A vida nao devia ser assim , cheia de infelicidades ,


    Beijinho , Gostii !

    ResponderEliminar
  4. Saudade é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já .
    xD
    adoro os seus textos, e as mensagens deles xP
    bjao

    ResponderEliminar